Aceitação de pagamento no Brasil

Dados do PayPal sugerem que os cartões de crédito processavam 81% de todas as transações de comércio eletrônico no Brasil. Outros métodos de pagamento e o Boleto Bancário têm uma participação quase igual, com 8% e 11%, respectivamente.

Nota Fiscal Paulista

O método de pagamento online preferido no Brasil – PayPal

A e-bit apresenta dados diferentes , com 73% de todas as transações de e-commerce feitas por cartões de crédito, 18% pelo Boleto Bancário, deixando 9% para outras formas de pagamento.

Nota Fiscal Paulista

Método de Pagamento Online Preferido no Brasil – e-bit

Sem acesso direto ao conjunto de dados, é difícil definir quais dados estão corretos. No entanto, os dados da e-bit, os 18% do Boleto Bancário, parecem mais próximos do que poderíamos esperar do mercado que solicita cada vez mais Nota Fiscal Paulista.

Débito Direto e Netflix

Parece que a Netflix não exerceu a devida diligência antes de investir no mercado brasileiro. Eles explicaram seu problema com a cobrança de pagamentos na América Latina com um mercado de comércio eletrônico menos desenvolvido.

As empresas que usam pagamentos repetidos consideram que o mercado de comércio eletrônico no Brasil é mais desafiador do que empresas que usam pagamentos únicos por push.

A Netflix está tentando acalmar os investidores , dizendo que os acordos recorrentes de débito direto e o aumento da aceitação pelo e-commerce melhorarão sua situação no Brasil.

Não é uma situação única para a Netflix. A experiência de outras empresas sugere que o débito direto recorrente não é uma solução perfeita. A startup falida Shoes4you informou que até 25% dos pedidos de débito direto mensais falharam quando os consumidores bloquearam a transferência bancária.

Puxar Pagamentos e Vivo

Embora a Netflix tenha achado difícil a situação de pagamento no Brasil, a Vivo está tendo ótimos resultados na venda de serviços de streaming de música e de livros on-line, com faturamento via operadora a um preço baixo.

A principal conclusão é que os pagamentos recorrentes parecem ter uma taxa de aceitação mais alta quando “obscurecidos” junto com outras despesas.

Opções de pagamento

No início de 2013, havia 82,6 milhões de cartões de crédito ativos no Brasil. Os dois principais players dominam o mercado, Visa com 38,7 milhões de cartões ativos e MasterCard com 35,8 milhões de cartões ativos.

Nota Fiscal Paulista

Cartões de Crédito Ativos por Rede no Brasil (2012)

Alimentado por um número crescente de novos clientes bancários, os cartões de débito ultrapassaram o número de cartões de crédito pela primeira vez em 2012.

Cartões de crédito

As quatro maiores redes internacionais de cartões de crédito: Visa, MasterCard, American Express e Diners Club são todas utilizadas no Brasil.

Das redes nacionais de cartões de crédito, entre as mais populares são:

  • Hipercard
  • Elo
  • Aura

Existem também emissores de cartões de crédito que possuem afiliações com redes de cartão de crédito, mas emitem alguns cartões sem relação com qualquer rede de cartão de crédito. Para esses cartões, eles entram em acordos diretos com os adquirentes de cartão de crédito, o que inclui empresas como:

  • Fortbrasil
  • Sicredi
  • Banescard

Existem vários emissores de cartão de crédito menores que não têm afiliação com uma rede, incluindo empresas como:

  • Uma vista
  • Grandcard
  • Mais!
  • Sorocred
  • Bom cartão
  • Agiplan
  • Credz

Há também redes de cartões de crédito que cobrem partes da América Latina, a saber, Cabal . O único emissor brasileiro desses cartões é o Bancoob.

O principal motivador para o uso do cartão de crédito é as opções de pagamento sem juros. As estimativas de e-bit de 2013 sugerem que, 63% de todas as transações de comércio eletrônico optaram por pagamentos com cartão de crédito com parcelas.

Nota Fiscal Paulista

Parcelas Selecionadas para Pagamento Online com Cartão de Crédito no Brasil (2012)

63% é um número alto, mas é menor do que no ano anterior. Para 2012, a e-bit estima que 81% de todas as transações de comércio eletrônico tenham optado por pagamentos com cartão de crédito em parcelas.

Os cartões de crédito Visa e MasterCard, emitidos fora do Brasil, são frequentemente recusados ​​pelo serviço antifraude.

Cartões de débito e débito direto

As transações por cartão de débito são como uma transferência de débito direto de uma conta bancária para outra.

Boleto bancário

No The Brazil Business, escrevemos um extenso artigo sobre o tema Boleto Bancário , por isso, não abordaremos este tópico.

Para o merchandiser, é simples configurar um sistema de Boleto Bancário. O merchandiser brasileiro precisa apenas de uma conta bancária com o Boleto Bancário e de uma biblioteca de integração para sua solução de comércio eletrônico. Um expositor estrangeiro pode usar um intermediário para aceitar pagamentos do Boleto Bancário sem ter uma conta bancária no Brasil.

Uma biblioteca Open Source, como o BoletoPhp , permite que os comerciantes gerem Boleto Bancários não registrados sem se comunicar com o banco.

Para Boleto Bancários não registrados, o banco cobrará sua taxa ao receber o pagamento.

A outra opção é integrá-lo ao banco, para que eles enviem o chamado Boleto Bancário registrado. O banco cobrará por cada Boleto Bancário emitido, bem como pela alteração, mas não por receber o pagamento.

Pagamentos móveis

Para pagamentos móveis, existem duas opções com um nível diferente de maturidade.

O faturamento da operadora existe há muito tempo e é uma prática bem estabelecida. As operadoras de telefonia móvel suportam o faturamento da operadora com taxas de transação, em torno de 50% do valor da transação.

Carteiras móveis também estão disponíveis no Brasil há 10 anos. O pioneiro tem sido o Oi. Em 2010, eles entraram em uma joint-venture com a Cielo e o Banco do Brasil. O produto Oi Paggo original alcançou cerca de 250.000 usuários no Brasil.

Atualmente, existem cerca de 10 pagamentos por celular ou iniciativas de carteira móvel no Brasil. Nenhum deles atingiu uma massa crítica ainda. Mais tarde, escreveremos um artigo dedicado sobre pagamento móvel e m-commerce.

Outras opções de pagamento

Além dos métodos de pagamento on-line comuns, há também uma variedade de métodos de pagamento menores, mas ainda usados.

  • Cartões para adiantamentos salariais e benefícios como Brasilcard , PLENOCard , Grandcard , Valecard e Cartão Pessoal
  • Emissores de cartões de presente sem afiliação com uma rede de cartão de crédito como Grandcard e cartão pessoal
  • O financiamento eletrônico também está disponível em alguns bancos, como o Itaú, o Bradesco e o Banco do Brasil. Não é tão comumente usado, pois o banco exige que o cliente tenha um crédito pré-aprovado junto ao banco antes da transação.

Há também uma variedade de cartões de benefícios que têm uso limitado e são, geralmente, aceitos apenas em terminais POS.

Estes incluem programas populares de bilhetes de refeição como Ticket e Sodexo, bem como programas semelhantes para farmácias, combustível, cultura, etc.

Esses cartões não são aceitos através de gateways de pagamento on-line. É comum pedir comida on-line e pedir ao entregador que traga um dispositivo de PDV para pagar a comida com um cartão de refeição.

Jogadoras

Intermediários de pagamento

Durante anos, houve incerteza regulatória em torno do status legal dos intermediários de pagamento. Isso causou uma certa relutância em investir no setor. Hoje, é um mercado em crescimento, com o PagSeguro como líder de mercado e vários players de alto perfil:

  • PagSeguro é o intermediário de pagamento com a marca de consumidor mais forte e a maioria das opções de pagamento. Eles se tornaram um dos favoritos dos desenvolvedores locais e web designers para sua fácil integração. O pagamento aos merchandisers leva 14 dias úteis.
  • O serviço PayPal no Brasil é semelhante ao que oferece em outros países. É o único intermediário de pagamento que disponibiliza fundos momentaneamente para o expositor. No entanto, a transferência da conta do PayPal para uma conta bancária leva até cinco dias úteis.
  • Buscapé Nós escrevemos antes sobre o Buscapé, e suas muitas empresas e marcas confusas. Atualmente, eles estão promovendo dois intermediários de pagamento. O primeiro é o Bcash , que é um rebranding do serviço Pagamento Digital . O outro é o Dinheiro Mail da PayU , outra empresa do Buscapé. Bcash é um serviço de pagamento genérico. Na verdade, o anúncio gratuito no Buscapé é o principal diferencial competitivo.
  • O MercadoPago é um intermediário de pagamento que desmembrou o site de leilões online MercadoLivre. Merchandisers estão reclamando de um longo processo de checkout e pagamento lento, com até 21 dias úteis de atraso.
  • Moip diferencia-los com pagamento rápido. Merchandisers podem solicitar o pagamento com um atraso de 2 dias úteis. Porém, há uma série de documentos necessários para se qualificar para essa opção de pagamento de dois dias úteis.
  • O BlueSnap é um novo player no mercado brasileiro, atuando como intermediário de pagamento com foco em merchandisers internacionais. Eles também lidam com a liberação de impostos a uma taxa fixa de 22% para trazer fundos para fora do Brasil.

Olhando para a satisfação do consumidor com o método de pagamento, os intermediários dão uma compreensão de quão bem os vários serviços funcionam.

O site de reclamações de consumidores ReclameAQUI , tenta dar às empresas uma classificação semelhante ao Better Business Bureau. Seu alcance vai de Muito bomNão recomendado , e as pontuações dos intermediários de pagamento são as seguintes:

  • Bcash : média
  • PagSeguro : Média
  • Paypal : muito bom
  • Moip : bom
  • MercadoPago : não recomendado

As pontuações no ReclameAQUI são de 26 de fevereiro de 2014 .

Provedores de Gateway de Pagamento

O mercado de provedores de gateway de pagamento está em constante mudança, mas as empresas, em geral, têm menos exposição.

Os principais provedores de gateway no Brasil são:

  • A Braspag é a principal provedora de gateways do Brasil, alegando lidar com 55% de todas as transações de pagamento online no Brasil. A Cielo adquiriu a empresa em 2011.
  • Allpago é um provedor de gateway com um forte foco internacional. Eles possuem soluções especializadas para empresas que desejam cobrar pagamentos no Brasil, sem ter uma presença legal no país.
  • maxiPago! é outro provedor de gateway com um forte foco internacional. maxiPago! afirmam ter o gateway com a maior capacidade de transação na América Latina.
  • O Akatus é um provedor de gateway que também tem opções para pagamentos móveis e cartões de crédito pré-pagos. Fundada em 2012 com recursos do Chase Equity, a empresa está crescendo rapidamente no mercado brasileiro.
  • CobreDireto é o serviço de gateway de pagamento do UOL Host. É uma empresa de hospedagem de sites de propriedade da mesma empresa controladora do PagSeguro.
  • MundiPagg é um provedor de gateway de jogo puro. A empresa, assim como a Moip, recebeu investimentos significativos da Arpex Capital.
  • PayU é um gateway operado pelo Buscapé.
  • SuperPay SuperPay é um gateway híbrido que não apenas dá acesso aos adquirentes, mas também se conecta com intermediários de pagamento. O serviço de gateway também é revendido através da Locaweb, empresa de hospedagem, como produto de gateway de pagamento.
  • LibrePag é um provedor de gateway que também fornece integração técnica com soluções de comércio eletrônico, como o Magento.
  • Payzen é o produto de portal online da Rede Lyra no Brasil. A Lyra Network é uma empresa de telecomunicações da França, que desempenha um papel importante no mercado brasileiro de M2M. Eles gerenciam mais de 500.000 terminais conectados.
  • A Digital River é mais conhecida pela plataforma de comércio eletrônico voltada para desenvolvedores de software. Sua divisão de pagamentos, conhecida como Digital River World Payments, também oferece serviços de gateway de pagamento em vários mercados, incluindo o Brasil.
  • A Adyen é uma provedora holandesa de pagamentos focada em comerciantes de comércio eletrônico de médio e grande porte. Eles fornecem soluções de gateway de pagamento para cartões de crédito e boleto no Brasil.
Aceitação de pagamento no Brasil
Avalie este artigo!